as-6-lições-mais-importantes-da-pandemia-para-a-hotelaria

As 6 lições mais importantes da pandemia para hoteleira

Evidentemente que uma grande parte dos hotéis no Brasil e no mundo foram impactados pelos efeitos da pandemia do coronavírus, tanto pelo isolamento social, em virtude da quarentena, como pela queda na receita e reservas e a consequente desaceleração do mercado. 

No entanto, a pandemia evidenciou na prática alguns pontos de relevância para a gestão hoteleira. 

Neste post, vamos tratar 6 deles. Esperamos que ao final da leitura você tenha insights para reformular estratégias para que seu hotel possa retomar ainda mais forte! 

Vamos lá? 

6 lições importantes da pandemia para a hotelaria 

Ao mesmo tempo em que a pandemia do coronavírus funcionou como um precursor de diversas tendências na hotelaria, ela também deixou lições importantes aos gestores dos hotéis e reconhecê-las é extremamente importante para aqueles que querem se manter ativos durante e após este período.  

Portanto, veja a seguir quais são essas lições e como elas poderão impactar nas ações que você irá tomar no seu hotel a partir de agora: 

Lição n° 1: Tenha políticas de higienização mais rigorosas  

Com a pandemia, a pauta da higienização e os serviços de alimentação mudaram de patamar. Se antes esse era um assunto delicado, hoje então é mais frágil do que nunca e o hotel que já está desenhando novos planos de ações, buscando as melhores alternativas para o próximo período, poderá se manter no mercado de maneira competitiva. 

Serviços como check–in, chek–out e o próprio cardápio, não serão os mesmos nos próximos anos. O manuseio e preparo de alimentos, os ambientes comuns de refeição receberão maior grau de importância, e por isso o hoteleiro deve estar extremamente atento.  

Para saber quais principais políticas de higiene devem ser implementadas no seu hotel após a retomada, acesse nosso artigo sobre o tema. 

Lição n° 2: Tenha um planejamento 

O planejamento é indispensável para fazer uma gestão hoteleira mais eficiente. 

Com ele é possível traçar metas, definir quais caminhos serão tomados para se chegar a um determinado objetivo e estabelecer planos de contingência. 

E veja bem, não se trata de porte, ainda que as redes hoteleiras tenham alguma vantagem, a visão macro do gestor de um pequeno hotel irá determinar como ele se posicionará em um momento de crise. 

Lição n° 3: Tenha mais flexibilização nos processos 

Se você acompanhou o nosso artigo sobre o “novo normal” da hotelaria após cornavírus, já sabe que este é umas das principais projeções deste período. 

Isso quer dizer que, neste momento, os hotéis devem evitar regras restritivas e não reembolsáveis para a remarcação e cancelamento de reservas. Caso o contrário, as reservas demorarão mais a chegar, além de afetar o seu relacionamento com o hóspede. 

Lição n° 4: Faça gestão de risco 

Gerenciar riscos em tempos de crise é uma medida de cautela para não deixar que o cenário se deteriore ainda mais.   

O primeiro ponto da gestão de risco consiste em identificar quais questões podem ameaçar o hotel. 

Essa é uma forma de antecipar possíveis problemas e de pensar no negócio com mais segurança, mas sempre considerando o cenário do próprio hotel.

Lição n° 5: Adaptação é questão de sobrevivência  

É incontável, os hotéis que estão lidando e irão lidar melhor com os efeitos da pandemia são aqueles que tiveram desenvoltura para se adaptar rapidamente. 

Por isso nós frisamos a importância de aproveitar este momento para para rever suas estratégias e buscar oportunidades para continuar melhorando seu serviço a fim de manter suas atividades funcionando. 

Com criatividade e força de vontade, você pode dar a volta por cima nos momentos críticos e se reinventar. 

Lição n° 6: Use a tecnologia como sua aliada 

Embora muitos hoteleiros ainda estejam aptos a utilizarem o “caderninho”, planilhas de Excel e agendas online, sabemos que existem hoje no mercado ferramentas tecnológicas que ajudam a tornar os processos dos hotéis muito mais eficientes e rentáveis.  

A pandemia acelerou a tendência do uso de facilitadores digitais nos processos empresariais, deixando evidente que ele pode melhorar nossos negócios gerando mais controle sobre as operações em qualquer lugar que os profissionais estiverem. 

Para os hotéis, a boa notícia é que já existem no mercado soluções que facilitam a gestão em tempos de pandemia e com ótimas funcionalidades.

Exemplos são as ferramentas de check in online e de pagamento automatizado disponíveis no mercado. 

Esse cenário também acabou por inspirar a Omnibees, que atenta às lições da pandemia lançou mais funcionalidades que atendem e auxiliam gestores e hotéis. Veja como nossas medidas podem te ajudar a sair desse momento ainda mais fortalecido!  

Deixe uma resposta:

O seu email não será publicado