Os Destinos Mais Procurados No Lazer e No Corporativo Em 2023

Em março deste ano estivemos presentes no Fórum Panrotas, um dos maiores eventos para líderes do setor de Turismo, e tivemos a oportunidade de palestrar sobre um tema crucial para o planejamento de hotéis, operadoras e agências: os destinos mais procurados de 2023.  

A apresentação reuniu dados do setor corporativo e de lazer e foi ministrada por Patrícia Thomas, diretora de Vendas Corporativas da Omnibees.

Patricia Thomas, diretora de Vendas Corporativas da Omnibees.

Os dados apresentados foram extraídos da base da Omnibees e revelam indicadores importantes para o setor hoteleiro do Brasil. Por exemplo, um dado interessante é saber que o Nordeste continuou sendo a região mais procurada para viagens de lazer, mas a região Norte também teve um aumento de 31% na quantidade de noites reservadas para hóspedes que decidiram aproveitar o lazer.

No segmento corporativo, houve um crescimento de 18% nas reservas de noites em comparação com o lazer, com o Sudeste liderando o ranking. Destaca-se também o Centro-Oeste, que registrou o maior aumento na tarifa média, alcançando 19%.

Os cinco principais destinos de lazer em 2023 foram o Rio de Janeiro, Gramado, Maceió, Porto Seguro e Foz do Iguaçu. Enquanto no segmento corporativo, os cinco principais destinos foram São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Brasília.

O Rio de Janeiro destacou-se com um aumento significativo de 31% nas noites reservadas, enquanto Brasília registrou o maior aumento na diária média. Durante a palestra também foi dito que é relevante notar que Foz do Iguaçu, Maceió e Búzios (que ocupou a décima posição) avançaram no ranking durante o período analisado. 

Conheça a Omnibees  

A Omnibees oferece diversas soluções para você ampliar, diversificar e otimizar seus canais de venda, com gestão integrada, autonomia completa para o hoteleiro e facilitação de processos para o hóspede - gerando maior conversão e fidelização do visitante.   

Assine nossa
Newsletter

O Rio Grande do Sul ainda precisa da sua ajuda. Clique aqui e conheça a iniciativa QuemAjudar!