o-papel-do-gestor-hoteleiro-em-tempos-de-crise

O papel do gestor hoteleiro em tempos de crise 

Se uma boa gestão já é essencial para um hotel quando a economia do país vai bem e as reservas chegam com mais facilidade, quando há uma crise nacional ela se faz ainda mais necessária. Diante de um cenário como este,  que estamos vivenciando atualmente, as organizações contam com seus profissionais em cargos de liderança para tomar decisões assertivas.  

Confira neste post, o papel do gestor hoteleiro em tempos de crise e os fatores que devem ser revisados para que possam ser obtidos os resultados mais favoráveis possíveis. Boa leitura! 

O que é e como fazer a gestão de risco? 

Gerenciar riscos em tempos de crise é uma medida de cautela para não deixar que o cenário se deteriore ainda mais.  

Liste todos esses pontos, identificando qual é a probabilidade de surgimento e qual impacto será sofrido. Com essas informações, será possível construir a matriz de risco do hotel. Acompanhar essa ferramenta é essencial para um novo modelo de gerenciamento que será adotado. 

Essa é uma forma de antecipar possíveis problemas e de pensar no negócio com mais segurança, mas sempre considerando o cenário do próprio hotel e de seu mercado de atuação. 

A importância do Gestor Hoteleiro no enfrentamento da crise

Em períodos de crise e recessão econômica, os hotéis enfrentam a queda na demanda e um impacto negativo em suas receitas. O cenário desfavorável exige decisões assertivas dos gestores hoteleiros, pois é o sucesso da gestão na crise, que, muitas vezes, determina a sobrevivência do hotel. 

O gestor hoteleiro é o elo entre o operacional e a alta cúpula do hotel. É justamente por transitar entre esses dois níveis da organização que ele consegue ter uma visão sistêmica sobre o que é e o que não é funcional frente às ações pensadas ou praticadas. 

Assim, ao mesmo tempo em que, durante a instabilidade o gestor precisa motivar a equipe de funcionários, ele também deve ter uma alta capacidade crítica e analítica para auxiliar a superintendência do hotel a rever e adaptar estratégias ao contexto imposto pela crise. 

Como garantir uma gestão hoteleira eficiente em tempos de crise? 

Uma boa gestão em tempos de crise precisa de várias atitudes por parte do gestor, de modo que o hotel enfrente as mudanças trazidas. Confira nossas sugestões! 

1. Realize uma gestão enxuta 

Com ela, é possível organizar e identificar erros e acertos para eliminar os desperdícios, tanto em tempo, como em matéria-prima, aumentando sua produtividade sem que para isso tenha que gastar mais.  

Ao se obter um sistema de gestão voltado para a redução do desperdício e ganho constante em qualidade, é possível aperfeiçoar processos, reduzir significativamente problemas de qualidade, para que todos colaboradores estejam seguros, prevenindo acidentes, os mantendo ativamente produtivos em suas funções.  

2. Invista em tecnologia 

Ao investir em tecnologia, o hotel tende a levar sua produtividade e as rotinas diárias a outro nível, com um ritmo mais dinâmico e ágil. Há várias ferramentas tecnológicas possíveis para investir em seu hotel, dentre elas destacam-se: 

  • CRMs que facilitam o relacionamento com os clientes; 
  • Softwares de gestão hoteleira, para ajudar a administrar as reservas e demais particularidades do dia a dia do setor; 
  • Site com motor de reservas que aumenta seu alcance; 
  • Chats e redes sociais para facilitar a comunicação com seus clientes, entre outras ferramentas. 
2.1 Softwares 

Dentre todas as formas de tecnologia empregadas, os softwares são as mais imprescindíveis. O principal benefício em usar esses softwares é organizar a operação e ser dono das suas informações. É um processo de ganhos práticos de resultado, eficiência e, naturalmente, receita. Isso ocorre, principalmente, porque você consegue otimizar o seu tempo e fazer com que a sua produtividade aumente, garantindo mais rentabilidade. 

Além disso, uma solução integrada armazena dados e apresenta informações de qualidade e precisas, que são acessíveis em tempo real. Desse modo, o gestor hoteleiro passa a tomar decisões mais ponderadas e acertadas, pois depende menos da intuição. Não significa que seu feeling e a sua experiência não sejam importantes, mas essas habilidades funcionam muito melhor quando são embasadas por informação segura. 

A isso tudo, some uma melhora prática da operação do hotel — e o mais interessante é que a implantação inicia um ciclo de aprimoramento contínuo. Ele decorre de uma maior facilidade de identificar gargalos nos processos e poder medir o impacto de cada pequena falha. Por isso, os ganhos são recorrentes. 

3. Inove constantemente  

Nos dias de hoje, com a concorrência acirrada, além de gestores e equipes criativas e motivadas, as inovações devem ser constantes. Por isso, crie diferenciais competitivos em seu hotel e tenha isso como uma estratégia fundamental para lidar com a gestão de negócios em tempos de crise. 

Dessa forma, sempre estimule seus colaboradores a encontrarem alternativas para executar processos antigos, tanto nos serviços de hospedagem quanto nas vendas. Com isso, seu hotel se manterá competitivo e ainda poderá se sobressair no mercado. 

4. Obtenha informações precisas para uma gestão eficiente 

A análise de dados é essencial para os gestores que pretendem embasar e justificar decisões. Esse tipo de análise permite que o hotel atue de maneira mais proativa, de modo a prevenir os problemas em vez de remediá-los. Isso porque ter informações corretas é fundamental para tomar decisões assertivas e embasadas, sem comprometer resultados do hotel. 

Justamente para ajudar a otimizar os esforços durante este período, a Omnibees desenvolveu o HiQ BI. Através deste relatório, você poderá ter acesso a um conjunto de indicadores e entender como o mercado está evoluindo. Vale lembrar que adesão dessa ferramenta permanecerá gratuita até 31/12/2020. Clique aqui para ter mais informações sobre o HiQ BI.

5. Anteveja e enfrente o cenário econômico em épocas de crise 

A projeção de cenário torna-se uma ferramenta fundamental na gestão de um hotel, principalmente, em épocas de crise como esse em que estamos passando. 

De acordo com ela, é possível estabelecer estratégias considerando sempre um contexto futuro, podendo-se prever fatores para impulsionar o negócio ou até mesmo se precaver em situações de possíveis crises econômicas.  

Uma das principais funções da projeção de cenários é analisar o contexto, tanto interno quanto externo, onde o hotel está posicionado permitindo que a mesmo tenha uma visão clara de fatores futuros que possam ocorrer. Sejam eles positivos ou negativos.  

Com essa definição clara e visão precisa dos seus números, o gestor pode se preparar, caso ocorra um cenário negativo, incluindo ações em seu escopo de planejamento e não impactando de forma tão “brutal” todo o ecossistema financeiro do hotel. 

6. Elimine gastos desnecessários 

Entre as metas propostas para enfrentar uma crise deve estar a redução de gastos e desperdícios. Essa medida é de extrema importância para que o caixa do hotel se mantenha saudável e pode, inclusive, envolver dispensas de colaboradores caso o gestor identifique essa necessidade. 

 

Gostou do conteúdo sobre O papel do gestor hoteleiro em tempos de crise? Então confira outros artigos que podem ajudar você na recuperação do seu hotel:

Conheça a Omnibees 

 Omnibees é uma empresa global que oferece a mais completa solução de distribuição e inteligência à indústria de turismo. Com mais de 5 mil hotéis e 700 parceiros de distribuição, ela é líder absoluta do mercado nacional. 

Com soluções para Hotéis Independentes, Pousadas, Cadeia HoteleiraHotéis BoutiqueOperadores TurísticosAgências de Viagens e Empresas, permite maximizar a receita dos seus clientes pela otimização do preço ou redução dos custos operacionais. 

Deixe uma resposta:

O seu email não será publicado