Travel background concept / Airplane Traveler's fly Airlines worldwide with plane on on world globe

Tendências na hotelaria e turismo após Coronavírus

Se o mercado de turismo era considerado um dos setores mais promissores para a economia brasileira em 2020, com o impacto do Coronavírusjá se pode estimar uma redução de 38,9% nos ganhos do setorAlém de uma queda entre 20 a 30% nas viagens e uma perda de US$ 300 a 450 bilhões nos gastos dos viajantes internacionais, segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT). 

Não sabemos o que vem por aí e todas respostas ainda são suscetíveis a mutações, por isso, todas as previsões devem ser tomadas com um pouco de precaução. 

Apesar disso, alguns especialistas já projetam futuros cenários para o mundo pós-pandêmico no mercado. A partir dessas pesquisas, fizemos uma lista com algumas dessas tendências na hotelaria e turismo após o Coronavírus, que você pode ler a seguir.  

7 tendências na hotelaria e turismo após coronavírus  

Ainda é impreciso dizer como o mercado hoteleiro e o turístico vai ser daqui para frente, mas o que temos visto, em paralelo, é que o vírus funcionou como um percussor para acelerar algumas tendências nos setores. 

Dentre alguma dessas tendências apontadas por especialistas, podemos encontrar: 

1. A personalização e a experiência continuam em alta 

Parte desse processo de adaptação, consiste em usar as novas tecnologias como forma de captar essa nova geração, que se importa cada vez mais com velocidade, facilidade e conforto.  

No domínio virtual, as redes sociais eram até hoje sinais da nossa presença e status social, mas vamos ver um aumento das experiências virtuais. No ramo hoteleiro, especificamente, essa tecnologia permite que os usuários possam “entrar” nos hotéis reconstruídos em computador e viver experiências de realidade virtual com storytelling nos quartos. 

2. Novos viajantes, novas regras 

A maioria dos comentaristas noticiários sugerem que uma recessão econômica global é iminente, o que coincidirá com umas recessões no setor de hospedagem. 

A exigência de atitudes sustentáveis também poderá ser elevada. As pessoas estarão buscando destinos onde o respeito ao meio ambiente traduzirá em mais segurança sanitária em todos os aspectos (hospedagem, alimentação, praias, dentre outros).  

Além disso, com a paralisação de diversos setores da economia, demissões, e gastos extras durante o momento de isolamento social, aliado ao medo de viagens internacionais, as operadoras acreditam que poucos se aventurarão em viagens mais longas, preferindo os destinos domésticos. 

3. Paridade de preço e distribuidores para oferecer um serviço condizente 

Existem outras mudanças em relação aos rendimentos e ganhos dos hoteleiros. Antes do fim de 2020, provavelmente saberemos quem acompanhar e os hoteleiros estarão mais ansiosos do que nunca em adotar soluções tecnológicas para monitorar todas as medidas sobre esses problemas. 

4. Smartphones ganham terreno 

Segundo o estudo feito pelo Trivago e pela Phocuswright, outra tendência importante para 2020 é o marketing de metabusca, cada vez mais utilizado pelos hoteleiros independentes para aumentar as reservas diretas. Assim, quando um usuário fizer uma pesquisa sobre hotéis e destinos, site do seu hotel poderá integrar os principais resultados de pesquisa. 

Esse feito é alcançável por meio das técnicas de SEO para hotéis, uma tendência também na área do marketing hoteleiro que vem agregando vários empreendedores e trazendo excelentes resultados. 

5. Políticas de segurança

Ao que tudo indica, ofertas e preços não serão os principais critérios no período de retomada. O hóspede estará na busca de experiências mais autênticas, porém mais seguras em todas as etapas de sua viagem.  

 Tenha isso em mente ao estabelecer os novos padrões para hóspedes e funcionários, a fim de transmitir tranquilidade e confiança.  

6. Adaptação e imagem das empresas 

O seu hotel terá que passar ainda mais segurança para transmitir valores reais para demonstrar sua dedicação a repostas rápidas e precisas ao consumidor.

Portanto, é necessário adotar campanhas e ações inovadoras que servirão para contribuir no conforto, satisfação e praticidade. 

Essas inovações não só podem como devem ser adaptadas em seu hotel, pois o que vai ditar a sua capacidade de sobrevivência na crise não é o porte de seu empreendimento, mas a adaptabilidade ágil em relação às novas demandas, necessidades e hábitos de consumo.  

7. Tecnologia em ascensão 

Os especialistas em viagens falam sobre o aproveitamento da tecnologia avançada para melhor atender os viajantes conectados que, por sua vez, exigem experiências digitais e móveis de melhor qualidade com respostas em tempo real. 

Outra progressão no Big Data é o surgimento de análises preditivasPara realizar esses processos, são empregadas ferramentas tecnológicas que armazenam, categorizam e processam os dados, dispondo os resultados de análises em painéis e gráficos de fácil compreensão. 

As informações estratégicas, assim, chegarão “digeridas” para a gestão e os colaboradores do empreendimento.

Dessa forma, permite-se que as tomadas de decisão fiquem precisas e que o esforço individual seja mais bem orientado,  precisos e direcionados.

Acompanhando a evolução do mercado

Pensando em auxiliar o mercado hoteleiro na retomada, a Omnibees desenvolveu um relatório gratuito para todos os clientes. Através desta ferramenta, você poderá ter acesso a um conjunto de indicadores e entender como o mercado está evoluindoVale lembrar que a adesão deste relatório permanecerá gratuita até 31/12/2020. Tenha mais informações sobre o HiQ BI através do link. 

 

Você acabou de se inteirar sobre as principais tendências para hotelaria e turismo após o Coronavírus. Aproveite para conferir outros artigos que podem lhe ajudar a lidar com a retração do mercado e ainda se preparar para o futuro:  

Conheça a Omnibees

A Omnibees é uma empresa global que oferece a mais completa solução de distribuição e inteligência à indústria de turismo. Com mais de 5 mil hotéis e 700 parceiros de distribuição, ela é líder absoluta do mercado nacional.

Com soluções para Hotéis Independentes, Pousadas, Cadeia Hoteleira, Hotéis Boutique, Operadores Turísticos, Agências de Viagens e Empresas, permite maximizar a receita dos seus clientes pela otimização do preço ou redução dos custos operacionais.

Deixe uma resposta:

O seu email não será publicado