Como escolher o melhor Channel Manager em 4 passos - Omnibees
<b>Como escolher o melhor </b> Channel Manager em 4 passos

Como escolher o melhor Channel Manager em 4 passos

Como você escolhe a solução ideal para o seu hotel? Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a tomar essa decisão corretamente.
line line

Já contamos aqui no blog o que é e qual a importância de ser ter um Gestor de Canais.

Atualmente, é possível encontrar uma variedade de soluções no mercado, e os serviços de hotelaria podem ser facilmente comercializados em diversos canais.

Então, a questão é: com tantas opções, como você escolhe a solução ideal para o seu hotel? Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a tomar essa decisão corretamente.

1. Valide a Automação

Quanto mais canais de distribuição online, mais tempo leva para modificar manualmente o preço, o que envolve o risco maior de erro humano. Além do atraso na atualização da oferta em todos os sites.

O Channel Manager permite que você elimine os problemas e gerencie a disponibilidade e os preços em tempo real em todos os canais a partir de um único console de gerenciamento.

Outra coisa que deve ser levada em consideração é a possibilidade de seguir uma política de preços flexíveis e sincronizar ofertas promocionais, o que se traduz em uma gestão eficaz e eficiente das receitas do hotel.

Como qualquer investimento, o valor relacionado com a compra do gestor de canais do seu hotel deve produzir o maior retorno possível.

Se a ferramenta selecionada permitir um alto grau de automação, a oportunidade de implementar este cenário será muito boa.

2. Confira se o sistema disponibiliza diversos canais de distribuição online

Ao escolher a ferramenta certa para o seu hotel, vale a pena conferir a lista de canais integrados com atenção e garantir aqueles que seu hotel já utiliza, bem como aqueles que serão atraentes parcerias no futuro.

Esse é um dos pontos, inclusive, que distingue os melhores sistemas de gerenciamento de vendas dos demais, já que esse tipo de integração permite conectá-los a canais dedicados sob demanda.

3.  Avalie corretamente o valor de investimento

Normalmente, quando se fala em contratação de ferramentas de tecnologia, o valor do investimento é um fator chave na decisão, mas este não deve ser o ponto mais importante de sua escolha.

Prestar atenção apenas no preço nem sempre é um bom parâmetro para tomar decisões. Um channel manager é um investimento a longo prazo.

Portanto, ao escolher em qual ferramenta investir, considere que se você escolher a mais barata, poderá perder os benefícios de uma ferramenta mais completa, porém de maior valor.

É importante também considerar os custos envolvidos na implementação e operação subsequente do channel manager escolhido.

Isso porque esses custos geralmente variam de acordo com as diferenças entre os modelos de transação adotados pelos fornecedores de sistema (taxa de assinatura fixa, comissão, etc.). Portanto, nem sempre é possível comparar diretamente.

Outro ponto importante ao examinar as questões de custo é considerar não apenas a implementação e a manutenção, mas também os custos associados ao uso de ferramentas ou suporte adicionais, caso você escolha uma ferramenta mais barata.

4. Verifique a integração com o PMS

O investimento em um sistema channel manager envolve também a necessidade de integrar o sistema com o Sistema Central de Reservas (CRS)  e o PMS.

channel manager deve ser compatível com estes dois para evitar custos extras, como aqueles relacionados à modificação das soluções existentes.

No momento de decidir por uma solução específica, o mais indicado é verificar todo o portfólio, comparar com as demais e, em seguida, tomar a decisão final.

É importante levar em consideração que essa combinação permite a troca automática de informações sobre novas reservas entre o sistema de reservas do hotel e os canais de vendas online.

Para não perder nenhum conteúdo, nos acompanhe nas redes:

Assine nossa
Newsletter

Omnibees Academy Presencial. Inscreva-se aqui